Saiba como tirar o certificado internacional de vacinação contra a Febre Amarela


Se você está planejando uma viagem internacional saiba que talvez será necessário apresentar um certificado internacional de vacinação e Profilaxia (CIVP) comprovando que você tomou a vacina contra a febre amarela. A medida é um padrão de segurança que determinados países estabelecem quando recebem turistas de regiões com um histórico de problemas relacionados à doença. O Brasil é um país de elevado risco de transmissão pois o mosquito Aëdes aegypti, além de transmitir a dengue também é transmissor da febre amarela.

Tivemos que tirar o nosso quando fizemos uma viagem para Punta Cana pois nosso voo fazia escala pelo Panamá, país que na época exigia a vacina. Atualmente o Panamá não exige mais embora seja recomendada.

Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia e Novo Passaporte Brasileiro

Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia e Novo Passaporte Brasileiro

Já fizemos várias viagens a países que exigem a vacina e em nenhum deles nos pediram o cartão mas é bom se garantir pois não custa nada tirar o certificado.

Caso não tenha tomado a vacina basta ir a algum posto de saúde estadual ou municipal mais próximo de sua residencia e toma-la gratuitamente. Lembrando que para que a vacina tenha efeito ela deverá ser tomada no mínimo 10 dias antes da viagem. A vacina é válida por 10 anos.

ATENÇÃO: Pessoas em tratamento com corticóides, quimioterapia ou radioterapia; pessoas alérgicas a componentes da vacina; portadores do vírus HIV; mulheres grávidas e bebês com idade inferior a 6 meses não podem tomar a vacina e possuem o direito ao Certificado de Isenção de Vacinação (explicado mais abaixo.)

Depois de vacinado basta apenas levar o comprovante de vacinação e um documento com foto até um dos Centros de Orientação de Viajantes.  Para agilizar o atendimento faça antes o cadastro no site da ANVISA.

Ao todo, são 88 centros de orientação de viajantes localizados em todo o território nacional (veja a lista aqui), sendo 65 administrados pela ANVISA, 18 pelo Sistema Único de Saúde (SUS), e outras cinco no escopo do setor privado. Existem postos na maioria dos aeroportos brasileiros (veja aqui a lista dos postos por estado).

Menores de idade precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis e ter em mãos a certidão de nascimento.

Importante ressaltar que no comprovante de vacinação é preciso ter o nome, lote completo da vacina, fabricante e data da vacinação. Também é preciso constar assinatura e nome do vacinador, assim como identificação da unidade onde ocorreu a vacina.

O CIVP fica pronto na hora.

Caso você perca o certificado internacional basta pedir a segunda via em algum centro de atendimento da Anvisa. 

Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia

Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia

Como tirar o Certificado de Isenção de Vacinação contra a Febre Amarela

Para emitir o certificado de isenção de vacinação é preciso um laudo médico comprovando que você não pode tomar a vacina. O laudo precisa estar carimbado e assinado. Leve o laudo e o passaporte a um dos Centros de Orientação para a Saúde do Viajante. A emissão também é feita na hora.

Em quais países é obrigatória à apresentação de Certificado Internacional de Vacinação contra Febre Amarela ?

No site da World Health Organization é possível encontrar a lista atualizada de países que exigem o certificado internacional de vacinação contra a Febre Amarela.

  • África do Sul
  • Afeganistão
  • Albânia
  • Anguilla
  • Antilhas Holandesas
  • Antígua e Barbuda
  • Argélia
  • Arábia Saudita
  • Austrália
  • Bahamas
  • Bangladesh
  • Barbados
  • Barém (Bahrain)
  • Belize
  • Botsuana (Botswana)
  • Brunei Darussalam
  • Butão
  • Cabo Verde
  • Camboja
  • Cazaquistão
  • China
  • Cingapura
  • Costa Rica
  • Djibouti
  • Dominica
  • Egito
  • El Salvador
  • Equador
  • Eritreia
  • Etiópia
  • Fiji
  • Filipinas
  • Gana
  • Grenada
  • Guadalupe
  • Guatemala
  • Guiana
  • Guiné Equatorial
  • Guiné
  • Gâmbia
  • Honduras
  • Ilha de São Martinho (Saint Martin)
  • Ilha do Natal (Christmas Island)
  • Ilhas Pitcairn (Pitcairn Islands)
  • Ilhas Salomão
  • Índia
  • Indonésia
  • Iraque
  • Iémen
  • Jamaica
  • Jordânia
  • Kiribati
  • Laos
  • Lesoto
  • Líbano
  • Líbia
  • Madagáscar
  • Malavi
  • Maldivas
  • Malta
  • Malásia
  • Martinique
  • Mauritius
  • Mauritânia
  • Mayotte
  • Montserrat
  • Moçambique
  • Myanmar
  • México
  • Namíbia
  • Nauru
  • Nepal
  • Nigéria
  • Niue
  • Nova Caledônia
  • Omã
  • Papua Nova Guiné
  • Paquistão
  • Polinésia Francesa
  • Principe
  • Quirguistão
  • Quênia
  • República da Coreia
  • República do Chade
  • República Unida da Tanzânia
  • Reunião (ilha)
  • Samoa
  • Santa Helena
  • Santa Lúcia
  • SaoTomeand
  • Senegal
  • Seychelles
  • Somália
  • Sri Lanka
  • Suazilândia
  • Sudão
  • Suriname
  • São Bartolomeu (Saint Barthelemy)
  • São Cristóvão e Nevis (Saint Kitts and Nevis)
  • São Vicente e Granadinas
  • Tailândia
  • Timor-Leste
  • Trinidadand e Tobago (Trinidadonly)
  • Tunísia
  • Uganda
  • Viet name
  • Wallisand Futuna
  • Zimbábue
  • Zâmbia