Viajando de carro de Las Vegas até o Grand Canyon 11


O Grand Canyon é um íngreme desfiladeiro esculpido pelo rio Colorado, no estado do Arizona, nos Estados Unidos. Recebe uma média de 5 milhões de turistas todo ano. Suas  proporções impressionam. Possui entre 6 e 29 km de largura e atinge a profundidade de 1600 metros.

O Grand Canyon é dividido em três margens: South Rim e North Rim que ficam dentro do Grand Canyon National Park e West Rim localizada dentro de uma reserva indígena.

A parte Sul do Grand Canyon é a mais popular e fica localizada a 450km de Vegas. No caso de uma viagem de carro, necessita que se faça uma parada. Há alguns loucos que arriscam um bate e volta mas sinceramente não vale a pena. Se quiser ir até a borda Sul o aconselhável é hospedar-se por duas noites, seja dentro do parque, seja numa das cidades próximas. Reserve o hotel com muita antecedência pois eles lotam rapidamente.

Já a parte Oeste (Grand Canyon West) fica bem próxima a Vegas, cerca de 195 km, uma opção perfeita para um bate e volta.

Vale a pena ir ao Grand Canyon West?

Grand Canyon West Airport Terminal

Grand Canyon West Airport Terminal

Antes de irmos a Vegas, ainda nos preparativos da viagem, li vários depoimentos de pessoas dizendo que não valia a pena ir até a parte Oeste do Canyon. A maioria alegava que não era nada comparado a parte Sul (que dizem ser a melhor), que o Canyon é menor além de ficar fora do Parque Nacional. O problema é que não tínhamos tempo nem mesmo encontramos vagas de hotel nas cidades próximas para irmos até a borda Sul. Optamos então por ir até a parte Oeste mesmo.

Valeu a pena?

Sinceramente achei o lugar incrível. Paisagens belíssimas. Iria me arrepender se não tivesse ido até lá. Valeu muito a pena.

Como chegar ao Grand Canyon West de carro partindo de Las Vegas?

É preciso dirigir até o aeroporto do Grand Canyon West. A estrada é bem sinalizada, não tem erro. Além disso todo o percusso é asfaltado. Se estiver usando um GPS, coloque no endereço Grand Canyon West Airport.

Nossa viagem foi muito tranquila, 2h30min em uma estrada boa do início ao fim. Sem contar as paisagens que vimos.

Na estrada a caminho do Grand Canyon West

Na estrada a caminho do Grand Canyon West

Rio Colorado - Arizona

Rio Colorado – Arizona

Na estrada a caminho do Grand Canyon West - Detalhe para o deserto

Na estrada a caminho do Grand Canyon West – Detalhe para o deserto

Aproveitamos a viagem e passamos antes por Hoover Dam que fica cerca de 48km de distancia de Vegas (30 minutos). Contamos aqui como foi visitar a represa.

O aeroporto possui um estacionamento gratuito.

Estacionamento do Aeroporto do Grand Canyon West

Estacionamento do Aeroporto do Grand Canyon West

É lá mesmo no aeroporto que você irá comprar as entradas. São dois tipos: Legado Hualapai (Hualapai Legacy) ou Legado de Ouro (Legacy Gold).

O Legado Hualapai é o mais barato, custa $ 40,96 adulto e $ 35,17 crianças (mais as taxas). O ticket te dá direito a entrada no parque além do ônibus (shuttle) que leva até os 3 pontos turísticos existentes.

O Legado de Ouro custa $ 75,54. Além da entrada no parque e do ônibus você tem direito a uma refeição (só a refeição custa $ 14,95) e a entrada no Skywalk (não dá pra comprar só a entrada do Skywalk separado).

Além disso, existem várias empresas que fazem passeios de helicóptero e rafting.  Tentamos comprar o passeio de helicóptero, que são mais baratos do que os que saem de Vegas, mas já estavam esgotados.

Como é o passeio do Grand Canyon West

O ônibus te leva a um dos 3 pontos existentes: Eagle Point, Hualapai Ranch e Guano Point. Você pode ficar o tempo que quiser. A cada 15 minutos tem outro ônibus pra te levar pra o próximo ponto ou de volta para a entrada.

Ônibus que faz o transporte entre os três pontos do Grand Canyon West

Ônibus que faz o transporte entre os três pontos do Grand Canyon West

Com relação à segurança, a borda do abismo não tem guarda corpo portanto muito cuidado, não vá morrer por uma self. É bom mantém sempre uma distância segura da borda.

Eagle Point

No Eagle Point existe uma pequena loja de arte que possui trabalhos de artesanatos, presentes e alguns tipos de jóias.

Eagle Point - Grand Canyon

Eagle Point - Grand Canyon

Eagle Point - Grand Canyon

Eagle Point - Grand Canyon

É no Eagle Point que está localizado o Skywalk, uma passarela de vidro suspensa. Lá não pode entrar com objetos nem mesmo câmera digital, celular, tablet ou filmadora. Você é obrigado a deixar seus pertences em um locker, e antes de entrar passa por um detector de metais (não adianta tentar esconder a câmera). Pra piorar você tem que colocar uma meia que é pra não arranhar o vidro que por sinal já estava muito arranhado. A passarela nem é tão grande. Com menos de 1 minuto você consegue dar uma volta.

Skywalk ao fundo no Eagle Point - Grand Canyon

Skywalk ao fundo no Eagle Point – Grand Canyon

Entrada do Skywalk - Eagle Point - Grand Canyon

Entrada do Skywalk – Eagle Point – Grand Canyon

No final ainda gastamos mais $ 16,28 ($ 15 mais as taxas) com a foto abaixo. O preço de todas elas em um CD custava mais de 90 dólares. Um absurdo!

Sinceramente não vimos nada demais que justificasse ir no Skywalk e achamos que foi um gasto desnecessário.

Skywalk - Grand Canyon

Skywalk – Grand Canyon

Hualapai Ranch

O Hualapai Ranch é um outro ponto bem diferente. Quando aproximamos do local, sentimos que estávamos em um filme de faroeste. O lugar é cheio de carroças, cavalos, construções estilo faroeste e tem até um xerife. Assim que chegamos lá, fomos abordados por ele apontado uma arma em nossa direção e fomos presos. Ele grita muito e é engraçado. E para cumprir a pena tivemos que pagar uma prenda que foi montar num cavalinho de pau e percorrer um pequeno trecho do rancho. Tentei fugir e o xerife gritou mais ainda comigo, não teve como escapar, tive que participar da brincadeira. O xerife não pediu gorjetas, foi simpático conosco e tiramos foto com ele.

Entrada do Hualapai Ranch

Entrada do Hualapai Ranch

Xerife - Hualapai Ranch

Xerife – Hualapai Ranch

Pagando prenda - Andando de cavalinho no Hualapai Ranch

Pagando prenda – Andando de cavalinho no Hualapai Ranch

Trading Post - Hualapai Ranch

Trading Post – Hualapai Ranch

Feed and Grain - Hualapai Ranch

Feed and Grain – Hualapai Ranch

Bank - Hualapai Ranch

Bank – Hualapai Ranch

Dance Hall - Hualapai Ranch

Dance Hall – Hualapai Ranch

Wagon Rides - Hualapai Ranch

Wagon Rides – Hualapai Ranch

Carroça de Faroeste no Hualapai Ranch - Grand Canyon

Carroça de Faroeste no Hualapai Ranch – Grand Canyon

Cavalos puxando uma carroça de faroeste no Hualapai Ranch - Grand Canyon

Cavalos puxando uma carroça de faroeste no Hualapai Ranch – Grand Canyon

Guano Point

Grand Canyon - Guano Point

Grand Canyon – Guano Point

O Guano Point tem uma trilha muito bacana, onde você pode subir uma pedra e ver a vista mais isoladamente, uma sensação espetacular. Nesse lugar que assistimos um lindo pôr do sol e não deixamos de registrar esse momento tirando vários fotos. Lá você também tem o privilégio de ter vistas panorâmicas espetaculares do Canyon e do Rio Colorado.

Guno Point ou Eagle Point ?

Grand Canyon - Guano Point

Grand Canyon - Guano Point

Grand Canyon - Guano Point

Por do Sol no Grand Canyon

Por do Sol no Grand Canyon

E esta foi nossa viagem ao Grand Canyon West pessoal.  Gostamos muito e recomendamos. Já planejamos uma próxima vez para conhecer a borda Sul. E você, já foi ? Gostou? Deixe nos comentários sua experiência.

  • Kíldare Lemos

    Muito bom, gostei das dicas!! Vamos pra lá em agosto e estou em dúvida entre ir de carro ou contratar uma empresa que leva e traz. Em termos de preço, acho que dá quase no mesmo, mas como estamos em quatro pessoas, talvez o carro saia mais barato.

    • Na minha opinião o carro é melhor pois te dá mais liberdade. Será você que fará o seu tempo e não dependerá de ninguém. No caso eu fiquei com o carro durante toda a estadia em Vegas e achei que valeu a pena. A gasolina é barata e a praticidade do carro vale muito a pena.

  • Thiago Lopes

    Ola! Houve necessidade de utilização da carteira de motorista internacional?

    • Eduardo de Carvalho

      Caramba! Seis meses e ninguém te respondeu A resposta é não e já vi até alguns sites que aconselham a não usar carteira internacional. Levei só a nacional e não tive nenhum problema. Ninguém pergunta nada mesmo quando aluga um carro.

      • Na realidade quando aluga o carro eles pedem a carteira de habilitação. Pode ser a do Brasil mesmo. Usei e não tive problemas.

        A carteira internacional é recomendável, mas não é obrigatória. Em casos de acidente ela agiliza o processo pois com a carteira nacional eles PODEM pedir para que seja traduzida em um consulado, etc.. Ou seja, burocracias…

  • Henrique Sales

    Quanto tempo dura? Estava querendo fazer no mesmo dia que vou embora e ja sair do hotel com as malas e ia direto pro aeroporto. Meu voo é 21:00. 9 ou 10 horas de duração da?

    • Cara, eu fiz o meu tempo. Parei em Hoover Dam um tempão, fomos devagar na estrada e ficamos um bom tempo no Grand Canyon. Eu fiquei até o por do sol.
      Dá sim pra vc fazer no mesmo dia mas vc terá que apressar um pouco. Como seu voo é as 21h e é um voo internacional as 18h já é recomendado vc estar no aeroporto. Ou seja terá que sair de tarde para voltar a Vegas com mais tranquilidade.

      • Henrique Sales

        Boa. Muito obrigado. O voo é doméstico então é mais de boa. Valeu pelas dicas

  • Vânia Oliveira

    TOP! Obrigada por compartilhar… Quanto a levar crianças de 4 anos é arriscado? Obrigada

    • Vegas não é muito para crianças. No cânion então deve ter atenção dobrada pois não tem segurança nenhuma. Pra um adulto cair lá de cima não custa nada, ainda mais criança. Não recomendo.

      • Vânia Oliveira

        Nossa, obrigada por avisar! Vou rever os pontos turisticos. Um abraço!